Ir para conteúdo

Prefeitura
Acompanhe-nos:
Facebook
Twitter
You Tube
Sound Cloud
UNIDADES FISCAIS
URM - R$ 3,65
Notícias
Principal   Notícias
 

27/03/2018
Eco Saberes do cultivo à mesa

O pensamento e o raciocínio de uma criança fazem maravilhas e, se bem orientados, podem levar a iniciativas e projetos que desencadeiam muitas melhorias em qualquer comunidade. Sustentabilidade, preservação do meio ambiente e interação social são apenas alguns dos aspectos que o professor da EMEF Guerreiro Lima, Leandro Martins, está promovendo.

Leandro faz um projeto chamado Eco Saberes, com os alunos da escola do bairro Jardim Cocão. Nele, os alunos do Jardim ao nono ano, na faixa etária de 4 a 16 anos, trabalham no cultivo de hortaliças nas suas diversas formas de plantio. O professor desenvolve essa iniciativa na escola, desde 2015, aproveitando o espaço escolar para fazer o plantio de vegetais. O projeto começou com alimentos convencionais como alface, cebolinha, salsa, beterraba, rúcula, feijão e maracujá.

Mas, depois de algum tempo, com bom engajamento das crianças com a novidade, o docente teve uma idéia ousada e introduziu as famosas PANCs na rotina escolar. As Plantas Alimentícias Não Convencionais são vegetais que não estamos habituados a usar na nossa alimentação. Vê-las no nosso prato poderia causar espanto, pois podem ser encontradas no nosso jardim, no terreno baldio do lado de casa ou, até, na beira da estrada. Essa peculiaridade despertou curiosidade dos alunos, que logo descobriram novas utilidades dessas plantas para o seu dia a dia. Com isso, o professor Leandro trabalhou a utilização dos novos alimentos para as pessoas.

Dentre algumas das PANCs que o professor e as crianças estão cultivando estão as folhas do Dente-de-Leão, por exemplo, que podem ser consumidas na alimentação, além de outras utilizações medicinais. Da Capuchinha é utilizada a folha, a flor e o fruto na alta gastronomia. E da Bertalha podem ser utilizadas suas folhas, como refogado.

Como base para o trabalho eles utilizam um pergolado, que consiste numa estrutura com vigas que serve de suporte para o crescimento das plantas trepadeiras. Mais um jardim em espiral, que utiliza as diferentes radiações solares para proporcionar solos com intensidades de umidades diferentes para cada tipo de erva. Além de diversos outros tipos de cultivo.

E para manter todas essas culturas de plantas, os alunos construíram a própria rede de água, para captação da água da chuva, além de uma composteira com a utilização das cascas dos feijões plantados e dos diversos dejetos da cozinha da escola, que junto com a terra e minhocas transformam-se em um adubo de excelente qualidade.

 
 
 
 
Telefone Entre em contato
(51) 3492-7600
Localização Praça Júlio de Castilhos, s/n
CEP: 94410-055 - Viamão/RS
INFORMATIVOS DA PREFEITURA
© Copyright Instar - 2006-2018.
Todos os direitos reservados Instar
Atendimento: Segunda a Sexta das 8:30h às 12h e das 13:30h às 17h
Seta
icone instar © Copyright Instar - 2006-2018. Todos os direitos reservados.